ULISBOA | Bolsa European Research Council (ERC)

A bióloga Sara Magalhães, investigadora no cE3c – Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, vai receber uma Consolidator Grant do European Research Council (ERC) para estudar um problema fundamental em Ecologia e Evolução: como é que a competição entre organismos molda a evolução das espécies?

É a primeira vez que esta bolsa é atribuída em Ecologia e Evolução em Portugal.

Durante os próximos 5 anos com o projeto “COMPCON – Competição sob construção do nicho”, Sara Magalhães vai explorar um sistema biológico composto por duas espécies de ácaro-aranha, Tetranychus urticae e Tetranychus ludeni, que competem por um alimento – a planta do tomate.

“Estudando a evolução dos competidores nos dois ambientes diferentes – plantas do tomate que respondem à presença de ácaros e plantas do tomate que não respondem – vamos poder desmontar o efeito de diferentes fatores da competição no processo evolutivo dos dois ácaros competidores”, explica Sara Magalhães.