Piloto de Sistema de Avaliação Remota (SAR)

Piloto de Sistema de Avaliação Remota (SAR)

Piloto de Sistema de Avaliação Remota (SAR)

A FCCN em conjunto com a Universidade de Lisboa e outras instituições de ensino superior, decidiu promover um estudo para escolher o melhor Sistema para a realização de Avaliações Remotas (SAR).

Share Piloto de Sistema de Avaliação Remota (SAR)

Objetivo

O afastamento social imposto pela pandemia do COVID-19 criou um problema de difícil resolução na realização de avaliações escritas no ensino superior.

As ferramentas existentes para a realização de exames online falham quando se pretende que esses exames sejam feitos remotamente e não numa sala especifica para o efeito. Isto porque não estão equipados com ferramentas anti-fraude que impeçam os examinados de violarem as regras de realização dos exames.

A FCCN em conjunto com a Universidade de Lisboa e outras instituições de ensino superior, decidiu promover um estudo para escolher o melhor Sistema para a realização de Avaliações Remotas (SAR).

 

Após uma análise preliminar foram escolhidos quatro SAR finalistas:

  • ProctorExam
  • Respondus
  • ExamNet
  • TestWe

 

ULisboa

Todos os docentes do ensino superior e politécnico poderão participar na avaliação de cada um dos SAR, mas a gestão da avaliação de cada um deles cabe a uma entidade especifica. À ULisboa coube a gestão do SAR ProctorExam.

É da responsabilidade da Universidade de Lisboa gerir a atribuição de licenças do ProctorExam, recolher os resultados dos testes efetuados pelos docentes nas suas disciplinas, e gerir os problemas que possam existir durante a realização dos testes.

 

Outros parceiros

Para além da FCCN , estão também a colaborar o projeto as seguintes instituições:

 

Descrição do SAR

O ProctorExam é uma solução desenvolvida e gerida na Europa, o que resolve alguns dos problemas impostos pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados que permite efetuar a vídeo-vigilância dos examinados durante a realização da avaliação (https://proctorexam.com)

 

As principais características distintivas do ProctorExam são:

  1. Utiliza um Plug-in para Chrome
  2. Coloca o browser em modo kiosk, não permitindo o acesso a outros recursos que não a avaliação
  3. Permite a video-vigilância interativa por docentes e por especialistas contratados para o efeito
  4. Permite a gravação da vídeo-vigilância para posterior análise
  5. Possui deteção automática de fraude na gravação para posterior análise
  6. Efetua a identificação inicial da face do examinado e do seu cartão de identificação
  7. Captura imagens da webcam do computador e opcionalmente da câmara do telemóvel. Para este último caso requer a instalação de uma App.
  8. A Webcam é obrigatória, mas pode ser simulada através da câmara de um telemóvel através de apps especificas (e.g. https://iriun.com)
  9. Pode ser integrado com o Moodle ou utilizado standalone. Neste último caso é necessário carregar no site do ProctorExam os endereços de email dos alunos que irão ser avaliados e o endereço do sítio onde a avaliação se vai realizar.

 

Política de Atribuição

A atribuição de licenças será efetuada por ordem de solicitação até que se esgotem. No entanto, serão priorizados os pedidos que aumentem a dispersão e a natureza dos testes efetuados. Em particular procuram-se testes:

  • Em diferentes escolas;
  • Com diferentes tipos de vídeo-vigilância (só gravação, ao vivo, ao vivo com especialistas)
  • Com diferentes tipos de plataformas de avaliações (e.g. Moodle, EdX)