Atividade Física: Quais os benefícios da atividade física na terceira idade?

fica em casa

Atividade Física: Quais os benefícios da atividade física na terceira idade?

Share Atividade Física: Quais os benefícios da atividade física na terceira idade?

Este é o último excerto da conversa que tivemos com Luís Bettencourt Sardinha e Pedro Júdice da Faculdade de Motricidade o Humana (FMH) da Universidade de Lisboa, no âmbito do Dia Mundial da Atividade Física, que teve lugar no passado dia 6 de abril.

“Para além do aumento na esperança média de vida, os benefícios da atividade física na pessoa mais velha são essencialmente determinantes para a preservação de um bom funcionamento motor e cognitivo proporcionando uma melhor qualidade de vida.”, começam por nos dizer Luís Bettencourt Sardinha e Pedro Júdice.

A aptidão física está diretamente ligada ao aumento da independência funcional, que não só ajuda na realização das tarefas diárias, como previne o risco de quedas.

Salientam que “A aptidão física promovida pela atividades física é de tal forma importante que pode ser utilizada para prever a maior ou menor independência funcional aos 90 anos de idade”

Prosseguem afirmando que “Programas concebidos para preservar o equilíbrio, a massa óssea e a massa muscular são determinantes para a independência funcional. Mais importante ainda é a necessidade de se desenvolver a função muscular através de atividades dinâmicas e diversas que desenvolvam a coordenação neuromuscular “. Esta conjugação pode também retardar o declínio cognitivo e prevenir doenças de demência.

Concluem dizendo que “nunca é tarde para começar e é sempre cedo para desistir da atividade física. “ As pessoas mais velhas devem realizar, em média, 150minutos de atividade física de intensidade moderada por semana.” 

Texto completo