Universidade de Lisboa acolhe hospital de campanha para responder à pandemia de Covid-19

Universidade de Lisboa acolhe hospital de campanha para responder à pandemia de Covid-19

Share Universidade de Lisboa  acolhe hospital de campanha para responder à pandemia de Covid-19

A Universidade de Lisboa e a Câmara Municipal de Lisboa em associação com outras entidades, associaram-se para montar um Hospital de Campanha no Estádio Universitário de Lisboa (EUL), com capacidade para 500 camas.

O objetivo é acolher pacientes nesta fase de surto de COVID-19, segundo critérios clínicos a adotar pelos hospitais de Lisboa, tirando partido da proximidade geográfica ao Hospital de Santa Maria.

O Reitor da Universidade de Lisboa afirma que era imprescindível pôr o Estádio Universitário de Lisboa à disposição do país, uma vez que tem uma localização privilegiada para responder à situação, permitindo ainda associar a esta iniciativa os Serviços de Ação Social da Universidade de Lisboa para a produção das refeições que vierem a ser necessárias. Todos os pavilhões do Estádio Universitário estão agora transformados em apoio hospitalar de retaguarda, tendo ainda sido instalada uma tenda com 1000m2, e diversas tendas de apoio a serviços, refeitórios e instalações sanitárias.

A estrutura foi montada em sete dias no Estádio Universitário de Lisboa  e decorre de uma iniciativa conjunta, entre a Universidade de Lisboa, a Câmara Municipal de Lisboa, o Exército Português, a Cruz Vermelha, e três centros hospitalares da cidade, tendo contado com apoio da Fundação AIP, da Associação de Comerciantes e Industriais Luso-Chinesa, da Associação de Hotelaria de Portugal, e da Provincial Geral dos Dehonianos (Sacerdotes do Sagrado Coração que Jesus) que coordenou inúmeras doações de equipamento em várias instituições religiosas.