fbpx Professores da Faculdade de Medicina da ULisboa distinguidos pela Ordem dos Médicos | ULisboa

Professores da Faculdade de Medicina da ULisboa distinguidos pela Ordem dos Médicos

Professores da Faculdade de Medicina da ULisboa distinguidos pela Ordem dos Médicos

Professores da Faculdade de Medicina da ULisboa distinguidos pela Ordem dos Médicos

Share Professores da Faculdade de Medicina da ULisboa distinguidos pela Ordem dos Médicos

Os Professores, Paulo Costa e José Manuel Ferro foram dois dos médicos que receberam a Medalha de Mérito, atribuída pela Ordem dos Médicos, no último dia do Congresso Nacional da OM, no passado fim de semana.

Este prémio é o reconhecimento e a valorização de um caminho profissional que fizeram e que persiste aos dias de hoje.

O Professor José Manuel Ferro disse, sentir-se “extremamente honrado por ser reconhecido pelos pares”, garantido que “receber esta medalha foi uma surpresa, não estava nada à espera” e que é “uma distinção de carreira, pelo meu trabalho no SNS, enquanto diretor de serviço do Departamento de Neurociências do Hospital de Santa Maria”. Foi neste Campus académico e hospitalar que ao longo dos anos, “procurei que o serviço correspondesse às necessidades numa vertente assistencial, diferenciada, de formação, ensino e investigação.” Este prémio resulta ainda do pepel crucial que teve na implementação da Via Verde do AVC e da criação da Unidade de AVC, em 2001.

“Receber prémios não é um objetivo, mas é sempre bom”, concluiu.

Já o Professor Paulo Costa enviou esta nota;

“Receber a Medalha de Mérito atribuída pela Ordem dos Médicos é uma distinção que representa o reconhecimento pelos nossos pares. A honra que veio associada ao galardão individual, ganhou um significado mais vasto, mais profundo, talvez operativo, aquando da calorosa cerimónia coletiva que juntou, por momentos, os laureados deste ano 2023. Entre a sobriedade do ato e o aplauso, perpassou no ar a meticulosa atenção aos pormenores e a afetividade de quem nos quis “entregar a medalha”.

Este Mérito leva-me, sem dúvida, a recordar os Mestres e a percorrer as memórias do que partilhei com todos os colegas que me acompanharam na vida profissional, desde sempre na assistência, no ensino e na investigação, a lembrar os doentes, os alunos e os contributos para o conhecimento. Mas também me leva para o círculo dos Amigos com quem percorro a vida.

Eu não seria o que sou sem a minha Família”, concluiu.

Fonte: Faculdade de Medicina da ULisboa

1


NOTÍCIAS DA ULISBOA

Para que esteja sempre a par das atividades da ULisboa, nós levamos as notícias mais relevantes até ao seu email. Subscreva!

SUBSCREVER