Património

Património

A Universidade de Lisboa dispõe de museus, jardins botânicos, coleções e património cultural de natureza científica, histórica e artística muito significativo no contexto português e internacional.

De acordo com o último levantamento, realizado em 2016, a Universidade possui 208 coleções (incluindo arquivos e bibliotecas histórias), 65 objetos singulares (tipicamente esculturas em espaços exteriores) e 44 edifícios de grande interesse histórico, científico e artístico.

Cerca de 17% das coleções da Universidade encontram-se ‘patrimonializadas’ e ‘institucionalizadas’ em 11 museus e núcleos museológicos: o Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC), o Museu de Engenharia Civil (IST), o Museu Faraday (IST), o Museu Alfredo Bensaúde (IST), o Museu Décio Thadeu (IST), o Museu Egas Moniz (FM), o Ginásio-Museu Leal d’Oliveira (FMH), a Sala-Museu do ISCSP, a Sala-Museu Professor Marcello Caetano (FD) e a Sala-Museu Paulo Cunha (FD).

São também da Universidade os três jardins botânicos da cidade: o Jardim Botânico da Ajuda (século XVIII), o Jardim Botânico de Lisboa (século XIX, integrado no MUHNAC) e o Jardim Botânico Tropical (início do século XX).

Nesta página apenas se apresenta uma pequena parte do património da Universidade: os museus, jardins e o património edificado classificado e premiado.

O levantamento do património cultural da Universidade encontra-se publicado e pode ser adquirido nas diferentes lojas da Universidade.