fbpx Francisco Tenreiro, Geógrafo - Exposição fotográfica | ULisboa

Categoria de Eventos

Francisco Tenreiro, Geógrafo - Exposição fotográfica

Francisco Tenreiro, Geógrafo - Exposição fotográfica
20 de Janeiro de 2024 a 20 de Fevereiro de 2024
Biblioteca Nacional Francisco José Tenreiro de São Tomé e Príncipe

Francisco Tenreiro, Geógrafo - Exposição fotográfica

A Biblioteca Nacional Francisco José Tenreiro de São Tomé e Príncipe (BNSTP) e a Fototeca do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa (CEG/IGOT-ULisboa) assinalam 103.⁰ aniversário do nascimento de Francisco Tenreiro (1921-1963) com a realização da exposição fotográfica «Francisco Tenreiro, geógrafo». A exposição estará patente na Biblioteca Nacional de São Tomé e Príncipe entre os dias 20 de janeiro e 20 de fevereiro de 2024.

Share Francisco Tenreiro, Geógrafo - Exposição fotográfica

A inauguração da exposição decorre no dia 20 de janeiro, às 09h30 (hora de São Tomé e Lisboa), com a presença da Senhora Ministra da Educação, Cultura e Ciências da República Democrática de São Tomé e Príncipe, Isabel de Abreu, e pode ser acompanhada através deste link.

Trata-se de uma iniciativa conjunta da Fototeca do CEG/IGOT-ULisboa e da BNSTP, realizada no âmbito do projeto de salvaguarda e divulgação do espólio da Fototeca do Centro de Estudos Geográficos que privilegia a reapropriação e ressignificação da fotografia de trabalho de campo em Geografia realizada em contexto de colonialismo tardio e o alinhamento com o debate contemporâneo que está atento à necessidade de reposicionar estes objetos no nosso tempo pós-colonial.

A exposição «Francisco Tenreiro, geógrafo» inclui um conjunto de perto de 80 fotografias e dispositivos feitos por Francisco Tenreiro no decurso das três viagens de estudo – de cerca de três meses cada uma – que realizou a São Tomé entre 1956 e 1958, tendo em vista preparar a sua tese de doutoramento. Esta resultaria na importante monografia A Ilha de São Tomé: estudo geográfico (1961), corolário de uma série muito coerente de estudos sobre a geografia de São Tomé que Francisco Tenreiro realizou ao longo dos cerca de 15 anos que durou a sua breve carreira científica. Se muitas das fotografias aqui exibidas tinham sido incluídas na edição de 1961 da tese de Tenreiro, muitas outras apresentam-se agora ao público pela primeira vez.

Para realização desta exposição, a Fototeca do CEG contou ainda com a prestimosa colaboração da Família de Francisco Tenreiro, o que tornou possível revelar material fotográfico complementar oriundo deste arquivo de família. A Fototeca do CEG estende os seus agradecimentos à Embaixada de São Tomé e Príncipe em Lisboa e ao Arquivo Histórico Parlamentar da Assembleia da República de Portugal, pelo apoio prestado em diferentes fases deste projeto que incide sobre a dimensão menos conhecida – a de geógrafo – desta figura maior na afirmação da negritude na literatura de expressão portuguesa que foi Francisco Tenreiro.

1


NOTÍCIAS DA ULISBOA

Para que esteja sempre a par das atividades da ULisboa, nós levamos as notícias mais relevantes até ao seu email. Subscreva!

SUBSCREVER