fbpx Restauro de peixes antigos no MUHNAC | ULisboa

Restauro de peixes antigos no MUHNAC

Restauro de peixes antigos no MUHNAC

Restauro de peixes antigos no MUHNAC

Share Restauro de peixes antigos no MUHNAC

Conjunto de peixes da coleção mais antiga do Museu de História Natural e da Ciência (MUHNAC), alvo de tratamento pela equipa de Conservação e Restauro. 

Espécimes preservados em meio líquido são geralmente fascinantes, por vezes delicados e quase sempre um desafio para a Conservação.

Estes, em particular, provenientes do antigo Museu Bocage (a Secção Zoológica e Antropológica do Museu Nacional de História Natural) são dos espécimes desta tipologia dos mais antigos que o Museu de História Natural e da Ciência (MUHNAC) preserva hoje em dia.

Trata-se de um conjunto de peixes datados na sua maioria do séc. XX, mas também do séc. XIX, coletados em Portugal, África, Índia e Estados Unidos da América, entre outras regiões do globo, sendo alguns também provenientes de instituições como o ‘Museu de Paris’ ou a Smithsonian Institution.

Estes peixes foram recentemente alvo de uma campanha de tratamento levada a cabo pela equipa de Conservação e Restauro do MUHNAC e no âmbito de um estágio Erasmus,por Sara Límens, da Escola Superior de Conservação e Restauro de Bens Culturais da Galiza.

Os espécimes foram cuidadosamente avaliados e seguidos os diferentes protocolos de preservação ou substituição dos meios líquidos, bem como ao nível da sua reidratação e do restauro de etiquetas de papel antigas dos frascos.

1


NOTÍCIAS DA ULISBOA

Para que esteja sempre a par das atividades da ULisboa, nós levamos as notícias mais relevantes até ao seu email. Subscreva!

SUBSCREVER